O melasma é caracterizado por ser um distúrbio adquirido que acomete a pigmentação da pele. Seu surgimento se dá pela hipercromia da pele – mancha na pele –  em áreas expostas ao sol, sendo destas a face a principal afetada.

A manifestação clássica ocorre por meio de manchas escuras relacionadas, principalmente, a características genéticas, alterações hormonais e, fundamentalmente, exposição excessiva ao sol. Esse aumento de pigmentação da pele acontece pela hiperfunção do melanócito. As manchas surgem de forma simétrica e com variações de tonalidade, indo do marrom claro ao mais escuro – acinzentado.

Geralmente, o melasma aparece de forma simétrica variando de tonalidade, podendo passar de marrom claro ao mais escuro/acinzentado.

Veja também sobre Tratamento Dermatológico para Xantelasma.

X